Som no Caixão 31 - Que Fim Levou a Gangue dos Chacais?





Olá ouvintes motoqueiros do mundo perto do fim e bem-vindos de volta ao Som no Caixão, um podcast sobre bandas, artistas e álbuns que escapam de qualquer emboscada. Em nosso episódio n° 31 faremos a resenha e audição do álbum Bone to Pick, da banda estadunidense The Gone Jackals.

Veja acima (ou também no fim deste post) como fazer para ouvir o episódio direto do navegador ou baixar para teu smartphone ou MP3 player, caso você já não tenha dado um jeito de descobrir sozinho.

CLIQUE ABAIXO PARA OUVIR O EPISÓDIO

Duração: 01:09:55 minutos

Tamanho do download: 56,1 mb
Faça o Download do episódio em MP3
Faça o Download do episódio em ZIP



LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO
Página oficial do The Gone Jackals
Clipe oficial de Legacy [vídeo]
Compre o álbum Bone to Pick [Amazon]
Baixe o álbum Bone to Pick
Introdução do game Full Throttle [vídeo]
Baixe o game Full Throttle [torrent]
Musicoterapia pode auxiliar no combate a depressão
Mr. Big e Winger no Brasil
Machine Head para audição na íntegra [Van do Halen]

SOM NO CAIXÂO NAS REDES SOCIAIS

Curta o Som no Caixão no Facebook
Siga o Teatro Escuro do Pensador Louco no Twitter
Circule o Teatro Escuro do Pensador Louco no Google Plus
Também estamos no PodFlix
E no PodKasto
E no TeiaCast
E no Stitcher
E no TuneIn

E-MAIL
Gostou ou gosta de ouvir o Som no Caixão? Então, cambada de desgramados, escrevam para pensadorlouco@gmail.com e mantenham este podcast morto-vivo.

RSS e FEED
Só pra te informar, ambos são basicamente a mesma coisa e você pode assiná-los clicando aqui.

COMO OUVIR ESTE PODCAST
Basta clicar com o mouse no play logo abaixo deste texto idiota, para ouvir direto no navegador.

Para baixar para teu computador em formato MP3, clique no link com o botão direito e escolha “Salvar link como”.
Se você é um desses hipsters que consideram MP3 coisa do passado e de gente com pouca amplitude cultural, baixe o episódio em formato Ogg Vorbis fazendo o mesmo que fez no parágrafo acima, mas no link indicado para Ogg Vorbis.
Arquivo zipado? Quer mais moleza ainda? Então sente no pudim e clique no link Zip, e nunca reclame que não damos várias alternativas pra você ouvir esta porrinha.
E finalmente, para baixar via Torrent basta clicar no link indicado (desde que você tenha um programa de Torrent instalado, mané).
Ficou claro? Benzafio!




OU CLIQUE PRA BAIXAR NESTES FORMATOS
MP3 Ogg Vorbis Zip Torrent

16 comentários:

  1. Huahsuahsuahsaushausa morri naum malucos eu soh tava meio mals e tive que sair um tempo mais tah tudo na inda pra frente chacoalhando como sempre!

    O novo cast fico muito bom eu não conhecia esse jogo mais jah baxei e depois te falo, ainda mais agora que tem uta bando de gente que curte esses game retro cheio de pixel haushaushausha


    Fico muito massa. A banda tb eh muito boa mais ela naum acabou nao esse trampo deles aqui eh bem recente ó seu troxa hsuahsuahsausa #Bonedrivers


    Abraço em todas as lindas que sentiram minha falta e e os macho que fiquem babando huahsuahsuahsaush


    https://www.youtube.com/watch?v=doRtfsTUdz0

    ResponderExcluir
  2. Fala pensador. Edição curiosa e bacanuda do SNC. Não conhecia o jogo e nem a banda. Grande som, achei Legacy foda.


    Tio Lucas na década passada foi só decepção. Indiana Jones e Shia Labeouf contra o formigueiro e a saga de Manekin Skywalker foram dose. Espero que o J.J. Abrams acerte com o novo longa de Guerra nas Estrelas (quando guri ainda peguei a versão original nas matinês da Globo).

    ResponderExcluir
  3. Olá grande amigo, oldman e respeitado Pensador Louco! Escutando o episodio, achei muito familiar a música de abertura do jogo, tenho quase que absoluta certeza que já ouvi mas com certeza não foi através desse jogo, pois só vim jogar no PC em 97/98...não tenho culpa de ser tão novo e nem vc de ser tão velho...hehehehe....mas a escolha foi foda! Músicas boas mas não sei se seria sucesso, acho que faltava mais um diferencial....uma identidade musical, sei lá.....mas nem sempre aquilo que faz sucesso é bom não é?

    E pra finalizar...rapaz...vc não pegou pesada com a Tarja não? Bichinha cara, só mandei a noticia por que ela estava "menosprezando" a antiga banda....hehehe

    Valeu amigo e até a proxima!

    Abs o/

    ResponderExcluir
  4. Bem vindo de volta, meu amigo. E, pelo visto, chacoalhou mesmo porque você continua escrevendo como quem desde de rolimã uma ladeira de paralelepípedos, he he he.


    Brincadeira, fico feliz que esteja tudo bem contigo e que esteja de volta firme e forte. A respeito do Bonedrivers, eu já sabia que eles tinham continuado na estrada mas nunca chegaram a emplacar nada. Valeu por postar esse vídeo, eu não conhecia esse ainda.


    Grande abraço, Alex.

    ResponderExcluir
  5. Hahahahahahahaha, eu não teria dito melhor. 8)

    ResponderExcluir
  6. Faaaaaaala, Marc.


    Lucas padece da mesma doença que muitos supostos grande criadores da mídia de massa: ele ficou velho e quem controla tudo são os mesmos estúdios que ele formou (ou ajudou a formar) e os quais agora usam seu nome apenas como marca, que é o que ele é realmente. Aliás, se contabilizarmos corretamente, fora Star Wars e THX ele nunca realmente fez nada de grandioso (e mesmo esses com ressalvas, tendo que ele foi apenas um participante no projeto).


    Também estou ansioso com a nova leva de Jedis (mas acho que fico mais confortável com minha memória da original, que ainda está intacta apesar das inserções ridículas de CGI que sofreram).


    Me fale depois se jogou o game e o que achou dele. Abração. 8)

    ResponderExcluir
  7. Olá, grande Wendell!


    Você tocou num ponto em que eu não havia ainda me ligado. A banda realmente é bem básica, roquenrou basicão e tua estranheza talvez seja porque ela tem esse contraste de produção com um peso de 20 anos no lombo. Suas músicas eram uma produção quase de garagem, e acho até que por isso foram escolhidas para fazer a trilha do game. Pra ficar mais com cara de trancos e barrancos, mas eu gosto bastante do som.


    Sobre a "Tarja Preta" do NightWish, provarei minha teoria "Disney" no próximo episódio, no Toca Raul, só pra você ver que tenho razão. Como diria bento Carneiro, eu sou "maligrino" hahahahahaha


    Abração. 8)

    ResponderExcluir
  8. Ah sim...esqueci de falar....como eu pego a porra da gasolina no jogo? como que eu subo naquela torre sem que aquele helicoptero meta bala em mim? Estava com sono qdo joguei mas penei nessa parte... :/

    ResponderExcluir
  9. Verdade. Mesmo os melhores Star Wars não foram dirigidos por ele.


    Vou baixar e ver se jogo.Te falo.


    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. Já te passei essa dica, espero que esteja conseguindo ir em frente, que vale muito a pena. 8)

    ResponderExcluir
  11. Sim, consegui passar sim! Que burrice a minha....Vlw pela ajuda! O jogo é bom! hahaha


    Vlw

    o/

    ResponderExcluir
  12. E aí Pensador!
    Bom esse foi o primeiro de muitos casts que escutei! Adoro podcasts nesse estilo, mesmo não conhecendo a/as bandas citadas.

    Mesmo sendo um semi velho, que viveu na época onde as pessoas falavam desse jogo, fui apenas conhecer ele a pouco tempo. Adoro essa tematica de motoqueiros, e mais uma vez fui surpreendido com um excelente game da Lucas Artes.

    Sempre senti vergonha por ter deixado passar quase todos esses adventures, mas hoje me considero uma pessoa de sorte, tenho uma lista gigante desses excelentes jogos para conhecer.

    Abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  13. Doutor Francisco, muito obrigado pela visita e comentário.


    Fico feliz como um motoqueiro numa piscina de diesel que você tenha gostado do episódio. Tanto o adventure quanto a banda responsável por sua trilha sonora são muito bons, e te confesso que sou um saudosista desse tipo de jogo.


    Desde a longínqua era do MSX curtia adventures, quando conheci os da LucasArts me apaixonei de vez. Um dia se tiver tempo, ainda jogarei todos novamente (afinal, tenho meu DOSBox aqui pra isso).


    Abração e volte sempre. 8)

    ResponderExcluir
  14. Rafael Henrique Ferreira3 de janeiro de 2017 13:14

    Grande Pensador Louco!

    Não podia deixar de comentar nesse episódio, que foi o primeiro do Som no Caixão que eu ouvi e que acabou sendo pra mim uma grata surpresa, pois o título me chamou a atenção e sem ler a descrição dei o play e deixei-me levar por este ótimo podcast com uma banda igualmente ótima, a The Gone Jackals. Afirmo que foi uma grata surpresa pois a conheci justamente jogando o inoxidável e estrogonoficamente brilhante Full Throttle e que até hoje segue como um de meus jogos favoritos. Continue sempre com o ótimo trabalho com este podcast maravilhoso!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  15. Cara, como eu curto receber comentário em episódio antigo. Sério, isso torna meu dia mais feliz.

    Assim como você, conheci The Gone Jackals jogando Full Throttle e me apaixonei pelo som (sem mencionar o jogo, claro). Obrigado de coração pela visita, comentário, e por acreditar no meu trabalho mesmo em episódios nos quais ainda estava engatinhando na edição (e com microfone ruim).

    Abração. 8)

    ResponderExcluir