Som no Caixão #41 - O Pau Vai Comer Solto no Hospício

Olá ouvintes informados com o estado horroroso em que o mundo está e bem-vindos de volta ao Som no Caixão, um podcast sobre bandas, artistas e álbuns que não deixarão pedra sobre pedra até colocarem todos os males e desigualdades sociais contra o paredão. Em nosso episódio n° 41 faremos a resenha e audição da antologia de punk rock La Casa de Los Lokos, com as bandas S.N. e Ostiaputa.

Ouça no player acima (ou abaixo) direto do navegador ou baixe para teu smartphone, PC ou MP3 player abaixo (clicando no link desejado com o botão direito e escolhendo “Salvar link como”). Assine nosso feed clicando no menu superior em “Nossos Feeds” ou via QR Code, no lado esquerdo da página, para adicionar nosso podcast no teu celular ou agregador de feeds. E acima de tudo, espero que goste do som.
CLIQUE ABAIXO PARA OUVIR O EPISÓDIO

LINKS PARA BAIXAR O EPISÓDIO


LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO


SOM NO CAIXÂO NAS REDES SOCIAIS



OUÇA TAMBÉM CLICANDO ABAIXO




6 comentários:

  1. Saiu da sacanagem direto pra pancadaria, curti. O comeco até achei que as duas bandas pareciam demais, mais dai quando chegou na segunda faixa da segunda banda vi que o estilo de tocar e compor ficou bem diferente. Até puxaram pra um caountry meio muqirana que virou punk bem pancado. No bolha da semana os figurados mereciam uma boa carga de cacete pra virar homens, que é o que falta pra essa gentinha prega. Martelou mais um belo episódio seu louco gostei do inicio ao fim.

    ResponderExcluir
  2. Opa, bem vindo de volta, caro Sandro.


    O punk rock realmente tem dessas coisas, o estilo tende a ter pontos fixos (como tempo, ritmo de batidas, estilo de voz e por aí vai) que acabam assimilando demais bandas diferentes, mas se prestarmos atenção ambas são bem diferentes.


    Sobre o Bolha da Semana, só posso dizer que esses supostos homens realmente me envergonham. Porrada neles!


    Abração e continue voltando sempre que der na telha para comentar. Tuas opiniões serão sempre bem vindas. 8)

    ResponderExcluir
  3. Fala Pensador. Entonces não conseguistes nenhuma pista da Santa Graal. Mais sumida que o Belchior a moça.


    Cara, curti as bandas,principalmente a segunda que achei bem pancada. Episódio dois em um muito foda.


    E o que teve de sujeito babaca nesse bolha da semana! Gostei da lição que a tal Kim aplicou no otário. Sifu. E esse fulano do Instagram e do Twitter...Latino perde. Não, empata.


    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado pela visita, mestre Marc, e sinto muito pela falha em desenterrar dados sobre Magdalen Graal. No fim, é mais fácil encontrar velhos cartuchos desovados de E.T. para Atari 2600, do que qualquer coisa sobre a desaparecida. O que quer que realmente tenha acontecido, pelo menos ela nos deixou com um grande disco de estreia.


    Sobre o babacão que resolver se forçar sobre a mulherada roqueira, o problema não é só o cara ser um otário por fazer o que fez. É CONTRA QUEM ele fez. Fala a verdade, se você fosse realmente mal intencionado e quisesse apalpar uma bunda sem ser solicitado, você faria isso justamente com a bunda DELA? O cara deve ter tendências suicidas (aliás, como muitos emos).


    Abração. 8)

    ResponderExcluir
  5. Antes de mais nada quero dizer o seguinte:

    "fairies wear boots"


    Deixando a brincadeira infame de lado, gostei muito do som e lembrei de quando andava de skate: som pauleira, canela inchada, tênis rasgado, correria e rebeldia.

    E falando em rebeldia, como vc bem disse, a banda faz umas críticas politicas e isso é super bem vindo. Sempre precisamos ser críticos pelos motivos certos e não assumir posturas ridículas com o antigo roqueiro lobinho, aquele que fala fino na frente do Mano Brown.


    Mais uma vez, parabéns! Mais uma playlist para celular para me acompanhar nas pedaladas diárias!

    ResponderExcluir
  6. Grande "Seu Ninguém", que prazer tê-lo de volta! Essa piada com as "botas de fada" caiu perfeitamente com o "visual Disnêi" que a querida Vulvatron tem. Aliás, bem que podiam fazer uma animação com ela!


    Fico feliz que tenha gostado das bandas. É difícil ouvir bandas com tamanho engajamento hoje em dia, e as duas fizeram isso com maestria. Tanto o som quanto as letras são fraturas causadas sem piedade e agradeço muito a elas por essa porrada sonora bem vinda.


    Quanto ao Lobinho, esse já virou poodle faz tempo. Se Cazuza cantava "meus heróis morreram de overdose", hoje ele tristemente cantaria "meus heróis viraram um bando de frouxos recalcados". Uma pena.


    Apareça sempre, grande amigo. Espero continuar alimentando tua playlist com sons de qualidade! 8)

    ResponderExcluir