Desleituras #17 - A Marca do Escorpião


 
Tamanho: 33,1Mb | Duração: 00:34:22 | Download em: MP3 | ZIP | OGG | TORRENT |
| Clique com o botão direito e escolha "salvar link como" |

Bem vindos de volta a Desleituras, o podcast com áudio contos de autores e autoras cujo imaginário ganha facilmente vida a nossa volta. Em nosso décimo sétimo episódio, fazemos a narração do conto A Marca do Escorpião, de Joe de Lima.

Se você, que além de ouvinte é também escritor, profissional ou amador, quiser ter seu conto ou história lido aqui, mande o texto para pensadorlouco@gmail.com e será lido com muita honra (e teus créditos como autor devidamente afirmados e divulgados).

Ouça no player acima direto do navegador ou baixe para teu smartphone, PC ou MP3 player usando os links abaixo do player. Assine nosso feed clicando no menu superior em “Nossos Feeds” ou via QR Code, no lado esquerdo da página, para adicionar nosso podcast no teu celular ou agregador de feeds.

LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO
Blog do autor Joe de Lima
Perfil de Joe de Lima no Twitter
Joe de Lima no Facebook
Serpente de Fogo, de Joe de Lima – eBook gratuito
Arcanista, de Joe de Lima – Compre na Amazon
Canal do Soul Candle [Youtube]
Podcast Los Chicos



18 comentários:

  1. Véi, me chapou esse conto total huehuheuheuheuhe Brokebackmountain nas arábias huehuehuheuheuhe
    Muito beem escritu e narrado, parabéns ao podcast e ao aouto huehuheuheuhe

    ResponderExcluir
  2. Cacete, Alex. Só você mesmo pra me aparecer aqui com uma comparação dessas, ha ha ha

    Que bom que gostou, os contos do Joe de Lima realmente são inspiradores, e nunca se sabe o que esperar de um ao começar a lê-lo.

    Abração e volte sempre. 8)

    ResponderExcluir
  3. Rogério B de Miranda6 de fevereiro de 2016 03:35

    Muito, mas muito bom... Tava achando que seria um conto das mil e uma noites bem regular, mas foi num crescendo sensacional!!!
    Tá de parabéns pelos temas engajados que tem aparecido no podcast. Traz reflexões para todos.
    Camel é uma excelente banda e ficou no clima.
    Gostei do formato, informações curtas no início e conto na cabeça...
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo, esse conto teve um plot twist que me pegou desprevenido mesmo, e achei sensacional também. Um conto completamente fora do banal, e fico muito feliz de Joe tê-lo mandado para o Desleituras.

    Que bom que aprovou o formato mais sucinto no inço também, fcará valendo de agora em diante.

    Abração. 8)

    ResponderExcluir
  5. Salve salve Pensador Louco.
    Podcast sensacional como sempre.
    A primeira virada foi previsível, mas a última foi de cair o cu da bunda. Muito bom.
    Que música foda essa do final do cast.
    um abraço.

    Ah propósito. O menu do site não aparece no chrome do celular, por isso que tive um pouco de dificuldade pra achar o feed quando troquei de celular :|

    ResponderExcluir
  6. Grande Vulto, bem vindo de volta!



    Que bom que gostou, e concordo contigo. A primeira virada foi algo que todos já achavam, mas a do final me deixou pasmo mesmo.


    Camel é uma banda que eu adoro de paixão, e estava só esperando uma deixa pra incluir um som deles.


    Sobre o menu do site, vou tentare resolver. Muito obrigado pelo feedback, não tinha ideia.


    Abração e volte sempre. 8)

    ResponderExcluir
  7. Faaaala Pensador!

    O doce veneno do escorpião. Mais um excelente conto. A reviravolta final foi foda. Parabéns ao Joe pelo texto. No mais, excelente narração como de costume e bela escolha de música.

    Abração!

    ResponderExcluir
  8. Grande Marc, essa reviravolta foi feita em nível master.

    Durante a narração, fiquei imaginando que Jade escondia algo, mas imaginei que seria qualquer coisa menos o desfecho descrito. Ela podia ser um monstro, um djinn, um alienígena, qualquer coisa, mas não me passou na cabeça em momento nenhum que poderia ser um rapaz. Ficou muito bom mesmo, e parabéns a Joe de Lima por isso.

    Obrigado pelos elogios e que bom que curtiu a música do Camel. Apareça sempre, meu amigo. 8)

    ResponderExcluir
  9. Obrigado, Marcelo!

    Caramba, Pensador, você foi longe nessa, hein? rsrsrs

    ResponderExcluir
  10. Joe, seríssimo. Enquanto lia, eu viajei longe na história e poderia esperar qualquer coisa menos o desfecho que você planejou. Ficou muito foda. 8)

    ResponderExcluir
  11. Faaala meu caro Divagador Tresloucado! Tudo em riba por aí?

    Cara, parabéns pela sonorização do episódio. A escolha dos sons e músicas foi excelente e tudo entrou na hora certa!

    Gostei muito do conto! Adorei o cenário utilizado para tratar de um tema tão atual e delicado.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  12. A abrangência do cast vem surpreendendo pensador, e isso é muito bom. Uma sugestão é colocar a trilha sonora do episódio - ou algum efeito que vá aparecer - logo de inicio na parte da introdução. Dessa forma acho que tiraria o ar fixo soturno, e já deixaria no clima da história, com aquele '' que será que vem ai? ''.
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  13. Caio, valeu mesmo pela maratona de comentários. Gosto muito dos textos do Joe de Lima, e este me pegou de surpresa assim que o li. Só não entendi direito a sugestão, me explica melhor?

    Abração e obrigado novamente.

    ResponderExcluir
  14. Grande Jeferson, mil desculpas pela demora em responder mas agora estou pegando o velho motor no tranco e acho que, de agora em diante, já voltarei e ter um pouco de normalidade, se é que isso é possível no meu caso.

    Grande abraço e obrigado pela visita e comentário. Ele realmente mesclou um cenário clássico para tratar de um assunto atual de forma majestosa.

    ResponderExcluir
  15. Sabe quando você fala '' desleituras, literatura cabeça e tal tal'' ?
    Então nessa intro tem uma especie de porta se abrindo e um som que preenche o ambiente e da um ar assustador. Então, nessa parte já edita com efeitos do episódio e trilha, e dai pra frente, passando pela apresentação do autor e etc. Mas é só uma idéia, que não sei nem se daria certo...

    ResponderExcluir
  16. Opa, tentarei no próximo sem falta.

    ResponderExcluir
  17. Bem vindo de volta, Pensador!! Fez muita falta...

    ResponderExcluir