Desleituras #09 - Quando Charlie Negocia


Bem vindos de volta a Desleituras, o podcast com os audiocontos, poemas e textos mais interessantes da internet. Em nosso nono episódio, fazemos a narração do conto Quando Charlie Negocia, da autora Adriana Tinoco de Vasconcelos.

Se você, que além de ouvinte é também escritor, profissional ou amador, quiser ter seu conto ou história lido aqui, mande o texto para pensadorlouco@gmail.com e será lido com muita honra (e teus créditos como autor devidamente afirmados e divulgados).

Ouça no player acima (ou abaixo) direto do navegador ou baixe para teu smartphone ou MP3 player abaixo (clicando no link com o botão direito e escolhendo “Salvar link como”). Assine nosso feed clicando no menu superior em “Nossos Feeds” ou via QR Code, no lado esquerdo da página, para adicionar nosso podcast no teu celular ou agregador de feeds. E acima de tudo, espero que gostem do conto.

CLIQUE ABAIXO PARA OUVIR O EPISÓDIO

DOWNLOADS DO EPISÓDIO


LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO


OUÇA CLICANDO AQUI TAMBÉM

 

7 comentários:

  1. Conforme disse antes, fico muito feliz que minha voz de rolha de uísque velho não tenha estragado teu texto. E, claro, foi uma honra narrá-lo, o trabalho (e teu conto) foram excelentes. Brigadão, minha amiga. 8)

    ResponderExcluir
  2. Seu vozeirão é foda, Pensador!

    ResponderExcluir
  3. Ola esta é minha primeira visita aqui e ao que me parece comecei bem. O conto ficou muito bem escrito e narrado, uma história que te prende sem entregar de forma alguma a quem vem até bem próximo do final. Ele começa como conto infantil, passa a tocar problemas de convivência e depois deslancha para mistério e crime sem em segmento nenhum indicar, antes do tempo correto, que rumo tomará. Parabens a autora e ao Louco pelo conto e pelo projeto.

    ResponderExcluir
  4. Seja muito bem vindo, nobre Castro, e obrigado por gostar do programa. O conto realmente ficou ótimo, levando o leitor/ouvinte na trama sem dar pitacos que pudessem estragar o final. Parabéns à Adriana Tinoco pelo texto e a você por curtir.


    Espero que volte sempre que quiser pra conhecer e ouvir as novidades. Grande abraço. 8)

    ResponderExcluir
  5. Cara que viaaaagem!! Eu senti um certo toque de humor e terror, em uma atmosfera caricata e não muito sólida, como em um filme expressionista alemão dos anos 20. Com um personagem principal bem definido e os coadjuvantes tomando um pouco da personalidade do principal para si é um conto bem interessante , gostei muito!
    Parabens ao desleituras e seus colaboradores. Palmas - clap clap

    ResponderExcluir
  6. Grande Caio, mil desculpas pela demora em te responder (trabalhando feito um cão).


    Fico feliz pra cacete que tenha gostado do novo Desleituras,e concordo plenamente contigo. O texto realmente tem esse clima onírico de um filme expressionista, mesclando temas infantis e noir numa história sórdida de sobrevivência e abandono. Palmas à autora sem dúvida.


    E aguarde as novidades, que semana que vem tem muitas. Grande abraço e apareça sempre que der na telha. 8)

    ResponderExcluir
  7. Fala Pensador.


    Grande conto. Fiquei tentando imaginar o tempo todo como afinal ia acabar o drama do Charlie, mas, conhecendo a autora, eu sabia que não ia ser de uma forma convencional. Não vou elogiar muito porque, como sou da família, sou suspeito.


    Sua narração sempre ótima e trilha perfeita, como de costume.


    Abraço.

    ResponderExcluir