Som no Caixão #12 - Heads of Woe


Olá ouvintes e bem-vindos de volta ao Som no Caixão, um podcast sobre bandas, artistas e discos que vocês provavelmente não conhecem, mas que são excelentes e merecem um lugar entre teus ouvidos elitistas e honrados.

No episódio desta semana, faremos a resenha e audição do álbum Heads of Woe, da fantástica, nova e talentosa banda indie Belga Geppetto & The Whales. Uma banda que mistura o som retrô, puro e minimalista com momentos sombrios e composições fantásticas e memoráveis.

Veja abaixo no fim deste post como ouvir o episódio direto do navegador ou como baixar para teu smartphone ou MP3 player, conheça a banda indie mais incrível que conheci este ano e ouça um álbum que é uma verdadeira viagem musical por outras realidades.

Duração: 56:33 minutos
Tamanho do download: 45,4 mb

LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO
Site oficial do Geppetto & The Whales
Facebook Oficial da Banda
Arte da capa do álbum Heads of Woe
Compre o álbum na iTunes
Clipe oficial da música 1814 [vídeo]
Geppetto & The Whales ao vivo – For the Black Hand at Dawn [vídeo]
Cheque o Mídia de Bar (MDBCast) agora!

SOM NO CAIXÂO NAS REDES SOCIAIS
Tem Tuíti? Feicebúqui? Gúgolpluis? Unha encravada? Chore comigo nas redes sociais abaixo:
Curta o Som no Caixão no Facebook
Siga o Teatro Escuro do Pensador Louco no Twitter
Circule o Teatro Escuro do Pensador Louco no Google Plus
Também estamos no Poflix
E no Stitcher

E-MAIL
Gostou ou gosta de ouvir o Som no Caixão? Primeira vez? Segunda? Quarta feira? Uma das melhores formas de manter o som rolando é mandar um e-mail, nem que seja pra dizer que achou o som uma bosta. Então, cambada de desgramados, escrevam para pensadorlouco@gmail.com e mantenham este podcast morto-vivo. É grátis, é supimpa e tudo que peço é um fidibéqui pra saber se tem, alguém além das vozes na minha cabeça, ouvindo.

RSS e FEED
Só pra te informar, ambos são basicamente a mesma coisa e você pode assiná-los clicando aqui. Ou adicione manualmente copiando e colando http://feeds.feedburner.com/pensadorlouco


COMO OUVIR ESTE PODCAST
Basta clicar com o mouse no play (que parece um triângulo de três pontas apontando pra Meca) logo abaixo deste texto idiota, para ouvir direto no navegador.
Para baixar para teu computador em formato MP3, clique em “Faça o download do episódio” com o botão direito e escolha “Salvar link como”.
Se você é um desses hipsters que consideram MP3 coisa do passado e de gente com pouca amplitude cultural, baixe o episódio em formato Ogg Vorbis fazendo o mesmo que fez no parágrafo acima, mas no link indicado para Ogg Vorbis.
Arquivo zipado? Quer mais moleza ainda? Então sente no pudim e clique no link “Faça o Download em formato Zip”, e nunca reclame que não damos várias alternativas pra você ouvir esta porrinha.
E finalmente, para baixar via Torrent basta clicar no link indicado (desde que você tenha um programa de Torrent instalado, mané).
Ficou claro? Benzafio!

Faça o Download do episódio em MP3
Faça o Download do episódio em Ogg Vorbis
Faça o Download do episódio em formato Zip
Faça o Download do episódio via Torrent



16 comentários:

  1. É bom mesmo que o senhor não se atreva mais cantar Reginaldo Rossi, nem Roberto Carlos... :(

    ResponderExcluir
  2. Foda que tu mencionou o Pink Floyd se não ia achar que era musica de menina, huahuahuahuahuahuas. Passei no midiadebar valeu por indicar e ve se agita de novo poraqui que esse foi muito lerdo huashuahuhsuahuahua

    ResponderExcluir
  3. Todo dia, quando eu pego a estrada, quase sempre é madrugada e meu amor aumenta mais... rê rê rê... bitcho... broto, você é uma brasa, mora? 8)

    ResponderExcluir
  4. Caro senhor Carvalho, está por acaso se candidatando a troll? Porque, caso esteja, tenho uma vaga pra sessão de esporro no episódio que vem e ficarei feliz em extirpar vossos intestinos verbalmente lá.

    Brincadeiras a parte, brigadão por ter voltado pra comentar. Mostra que tua alma ainda tem salvação e, no dia que eu fundar uma igreja permitirei que você a frequente.

    E nem vou comentar que é óbvio que o Mídia de Bar seja muito bom. Afinal, se eu gosto é porque é bom. Sou praticamente um selo de qualdiade. E os podcasts de lá são realmente fenomenais, estou sempre ouvindo.

    Abração e volte sempre. 8)

    ResponderExcluir
  5. Te odeio...Muito

    ResponderExcluir
  6. Ok. Ouvi com calma. A garimpagem traz mesmo essas coisas boas. Nem todos tem ou teriam a manha de sacar o que brilha no meio do lixo. A cultura massificada e idiota das bandinhas feitas por encomenda assola rádios, tvs, aparelhos mp3. Ainda bem que temos ilhas como esse podcast, podemos ficar sentados curtindo, concordando ou não com suas escolhas. Essa banda mandou bem, o tipo de som que curto ouvir enquanto escrevo e me deixo só. Pqp tenho que agradecer muito a Tati V por me apresentar ao podcast. Aguardo o próximo.

    ResponderExcluir
  7. Meu amigo, você realmente é um dos poucos que vêem a arte como ela realmente é. Em todas as suas formas, seja apenas real e sincera, ao contrário da enxurrada de conteúdo descartável que esperam que nós consumamos e ainda sejamos gratos por isso.

    Muito obrigado a você por continuar ouvindo, e a Tati V por ter ajudado o podcast a chegar até você. Tenha uma grande semana, Jim. 8)

    ResponderExcluir
  8. caralho helderzila muito bom este som, estou ouvindo no horário do almoço o bagulho da uma leseira kkkkkkkk, mais lesado se a lucy estivesse por perto.. imagina que química.

    é isso ai vamos sempre aqui de músicas muuuito booas que chegam arrepiar, lembra floyd quando ainda estava com cyd.
    falando em floyd e cyd = bike música irada.


    abraço parceria

    ResponderExcluir
  9. caralho @pensadorlouco muito bom este som, estou ouvindo no horário do almoço o bagulho da uma leseira kkkkkkkk, mais lesado se a lucy estivesse por perto.. imagina que química.
    é isso ai vamos sempre aqui de músicas muuuito booas que chegam arrepiar, lembra floyd quando ainda estava com cyd.
    falando em floyd e cyd = bike música irada.
    abraço parceria

    Ass: @michelmj

    ResponderExcluir
  10. Caro Michel, você tem toda a razão. O som deles realmente relembra Rosa Freud quando Syd Barret ainda estava por lá, e isso o torna ainda mais rico. É som pra viajar solto e fiquei fã logo na primeira audição.

    Essa imagem que você mandou matou a pau, excelente. Brigadão, meu amigo publicitário, e apareça sempre pois temos muitas novidades por aí. Abração e todo o poder a Lucy, hahahahaha. 8)

    ResponderExcluir
  11. Estou aqui lendo Michel e consigo visualizar você falando rsrs :D

    ResponderExcluir
  12. Ah, eu consigo visualizar Michel flutuando em nuvens púrpuras, com sua viola lisérgica pendurada no pescoço e aquele olhar de serenidade no rosto. Coisa de Tolkien. 8)

    ResponderExcluir
  13. Ola! Desculpe a demora em comentar...essa semana foi de cão, provas e trabalhos da faculdade....enfim..


    Como sempre, ótima escolha de banda, um som bem diferente que você costuma indicar. Mas quero dizer uma coisa quanto ao que vc disse sobre pessoas/ouvintes serem ecléticos: não ouso dizer que sou eclético pois acho que quando alguém se classifica com tal denominância (sei nem se existe essa palavra existe pois o corretor do Google marcou como vermelho e não deu a correção da palavra), abre espaço para estilos de músicas bostas como funk, axé, pagode, sertanejo, forró e desses estilos estou correndo mais que o Flash apostando corrida com o Mercúrio.


    Gosto de música boa e de estilos variados e que meu acervo de bandas boas está cada vez mais aumentando graças a você com seu trabalho.


    Continue assim. E só mais uma coisa: a partir da semana que vem vou começar a fazer seu feed manual como havia prometido!


    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Dê uma chance ao brega...tem muita música boa por lá! hehehe

    ResponderExcluir
  15. É isso aí! Fala pra ela, maibroda! 8)

    ResponderExcluir
  16. Opa, valeu pelo comentário, Wendell. Mais uma vez obrigado pela força com o feed, e fico felizaço de saber que você está curtindo o cast e aumentando teus alfarrábios musicais.


    Só discordo de você sobre os estilos bostas dos quais falou, mas falarei mais disso no toca raul. Grande abraço, meu amigo, e tenho certeza de que o próximo episódio te deixará de quyeixo caído. Será stoner rock na véia. 8)

    ResponderExcluir