Som no Caixão #38 - Além da Imagina Som


Olá ouvintes que partem para o infinito sem bilhete de volta e bem-vindos de volta ao Som no Caixão, um podcast sobre bandas, artistas e álbuns que mostram como a verdade está lá fora. Em nosso episódio n° 38 faremos a resenha e audição do álbum El Despertar de Quetzgull, da banda Espanhola alienígena Proyecto Èskhata.

Ouça no player acima (ou abaixo) direto do navegador ou baixe para teu smartphone ou MP3 player abaixo (clicando no link com o botão direito e escolhendo “Salvar link como”). Assine nosso feed clicando no menu superior em “Nossos Feeds” ou via QR Code, no lado esquerdo da página, para adicionar nosso podcast no teu celular ou agregador de feeds. E acima de tudo, espero que goste do som.

CLIQUE ABAIXO PARA OUVIR O EPISÓDIO


DOWNLOADS DO EPISÓDIO
Duração: 01:16:25 minutos
Tamanho do download: 73,5 mb
Download do Episódio em MP3
Download do Episódio em Zip
Download do Episódio em Ogg Vorbis
Download do Episódio via Torrent


LINKS RELACIONADOS AO EPISÓDIO

VÍDEOS RELACIONADOS AO EPISÓDIO

Zero 9 - Amanhecer [Clipe Oficial]


La Era Metálica [Clipe Oficial]


Proyecto Èskhata - Evoluciòn Estelar ao vivo [vídeo]


Zirkonium - StarSailor [Clipe Oficial]


Kathrin Schlumpf sobre a mudança no nome da banda [Vídeo]


O TEATRO ESCURO DO PENSADOR LOUCO NAS REDES SOCIAIS
Fanpage no Facebook
Página no Twitter
Página no Google+
Mande um Email



8 comentários:

  1. Manu curti pra cárai o som e a vocal convidada é mó gostosa e nem precisava canta pra me faze ouvir huashuahsaushausa. Som muito bão me lembro mesmo newmetaw espaical huashuashaushaushausha

    A zuada com final countdown foi foda e zoei muito vendo a vocal pçuta da cara com a banda mudandu de nome haushaushausha

    Agora dexa te falar que nerd eh a senhora sua raba, que merda de manupla de savín eh essa que fiquei procurando e não sei? Vai enfia referencia no cast assim na casa do cárai huhasuhaushaushaushas #fiqueinervoso Vlw mano huahsuahsuahsau

    ResponderExcluir
  2. Ora, ora, ora, nada pior que um nerd nervoso que não admite. Tsc, tsc, tsc.


    Brincadeiras a parte, Alex, valeu por ter curtido e muito obrigado na divulgação. A vocal convidada é legal mesmo, mas a banda não perde a força das composições nas faixas nas quais ela não aparece. Pra ser sincero, foi pura babaquice minha não ter falado, mas eles têm durante o álbum mais uns dois vocais aparecendo pra dar coro e eu esqueci. Velhice.


    Eu não iria nunca perder a chance de zoar com Final Countdown, obrigado por concordar. E quanto às manoplas de Saveen, nada a declarar. Abração, Alex. 8)

    ResponderExcluir
  3. Kcetada pioro véio huashuahsaushausha! Agora vo ter que ler Alan more pra entender isso, tu diz? hauhsauhsauhsaushau tom Strong eh chato porra huashuahsauhsa

    ResponderExcluir
  4. Chato nada, vocês crianças é que não respeitam os novos clássicos auto-referentes ao passado. 8)

    ResponderExcluir
  5. Rogério B de Miranda29 de abril de 2015 16:33

    Começou referenciando Camelot 3000!!!! Muito bom!!!! A banda é excepcional, de outro planeta hehehe Fico chocado como vc acha ótimas bandas, aumenta minha cultura musical, agradeço.

    Semana passada fui ao Monsters of Rock, incrível como as pessoas ficam só ligadas nos medalhões e não ligam para as bandas mais novas e de boa qualidade.

    Ah você fechou com Curtindo a Vida adoidado!!! Outra ótima referência.

    Deixo um link como referência de uma música que vc pode ler em algum programa futuro... Veja que riqueza na obra de arte dos cancioneiros em questão.

    http://www.vagalume.com.br/henrique-e-diego/suite-14-part-mc-guime.html



    Abraços e não se esqueça de andar com sua toalha!

    ResponderExcluir
  6. Pelas barbas de Ming, que viagem. Saiu do planeta pra trazer mais uma banda foda pra gente conhecer. Muito bom.

    Apesar de ter gostado de todos os sons, já disse que me amarro em rock com vocal feminino e claro que o meu favorito foi La Era Metálica, com a convidada especial. Bem legal o clip animado.


    Curti também o vídeo do Zirkonium e a homenagem da vocalista ao Europe, huahuahua. Europe que eu acho que só tinha essa música. Pelo menos só conheci essa. É a Síndrome Hotel California, huahuahua.

    ResponderExcluir
  7. Ora vejam só! Um velhaco como eu, que lembra de Camelot 3000! Um dia conversaremos sobre esse clássico no asilo, ha ha ha.


    Estou completamente ignorando teu parágrafo sobre o Monsters of Rock, porque sou maior que esses sentimentos pequenos de inveja. Dito isso, espero que você morra.


    Sobre a música que recomendou, Bolha da Semana no topo da lista sem falta! Que horror! Que horror!


    Passe sempre aí, grande Roger. Minha toalha já faz parte de mim. Principalmente porque nunca a lavei. Abração. 8)

    ResponderExcluir
  8. Saudações extraterrestres, Marc!


    Supimpa que tenha gostado do som, e sempre concordarei contigo nesse aspecto. Vocal feminino só tem a melhorar qualquer som, desde que ela não tenha um guitarrista chamado chimbinha. La Era Metálica é mesmo phoda, uma de minhas favoritas do álbum, mas o que acho mesmo mais legal é que Proyecto Èskhata tem muito mais som pra se ouvir e eles o deixam na faixa pra divulgar. Mais artistas deveriam seguir esse caminho.


    Sobre Europe, é realmente a banda de uma música só. Ainda lembro que era adolescente quando ouvi a primeira vez The Final Countdown e pensei imediatamente: "Que rife legal! De qual comercial de refri ele é?" Sofrível.


    Abração! 8)

    ResponderExcluir