Som no Caixão 85 - Chega Deste Inferno!

Olá ouvinte desesperado pra esta imbecilidade de ano acabar, e bem vindo de volta ao Som no Caixão. Em nosso episódio 85, uma edição extra especial, chamamos doze bravas pessoas para escolherem suas mensagens de fim de ano, e uma música para representá-las. Então chegue junto e vamos enterrar 2022 com as presenças ilustres de Danilo de Almeida (Já Ouviu Esse Disco?), Lady Siph (A Queda do Véu), Tiago Miranda (Ponto Cego), Rosane Paula, Luciano Dias, Poucas Trancas, Condessa Vanora (Centelha), Sérgio Cabral, Bruizerzinha, Julian Catino (Por Outro Lado), Dri Tinoco (Conversa Fiada Matou Carambola), Mateus Mantoan e Thai Souza (Curva de Rio). Bom ano, ouvinte do cemitério!

Tamanho: 92,8mb | Duração: 01:33:02 | Download em: MP3 | ZIP | OGG | TORRENT |
| Clique com o botão direito e escolha "salvar link como" |


CLIQUE ABAIXO PARA OUVIR O EPISÓDIO

 

Ouça no player acima direto do navegador ou baixe para teu smartphone, PC ou sei lá mais que merda for usando os links acima. Assine nossos podcasts via QR Code, na imagem do episódio, para adicionar nosso podcast no teu app de podcasts. Ou clique AQUI que dá no mesmo.

LINKS DO EPISÓDIO

Comentários

  1. Pensador, que falta os teus episódios do Som no Caixão me fizeram. Senti mesmo falta.

    É bom mesmo vê-lo de volta.

    E que episódio foda, todos mandaram bem pra caramba... Agora o casal do Poucas Trancas apelou pra caramba, eu cantei junto com Freddie Mercury e o Queen com "Don't Stop me Now"... Eu gostei bastante das outras músicas, mas CACETE, eu sou putinha do Queen.

    De resto... Como vocês todos disseram no episódio, extirpamos um câncer que afetava a nossa sociedade, porém os efeitos ainda persistem. E vai levar bastante tempo para que esse país fique habitável novamente. Mas o brasileiro afegão médio tem que entender que é esse o resultado da besteira de colocar um pior no lugar de um ruim, espero fortemente que estes 4 anos sofrendo façam entender um pouco do que o voto significa.

    E também pra aprender a votar conscientemente, pesquisar o passado do candidato, entender quem vai te representar melhor no poder, seja em que esfera for. Se todo mundo resolver fazer isso, o país finalmente anda.

    Desculpe pela verborragia, mas eu precisava desabafar.

    Abraço a todos, parabéns pelas participações maiúsculas e a você, Pensador, por não desistir e trazer meu porto seguro de volta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E, antes que me apedrejem sem entender quem sou, sou o Jorge, do podcast AnimeSphere.

      Excluir
    2. Mestre Jorge, brigadão por inaugurar a sessão de comentários de 2023.

      Também me lasquei quando chegou a escolha dos Poucas Trancas, sou igualmente putinha do Queen e fiquei todo dançandinho enquanto editava, hahaha. Sobre o que falou a respeito de nosso (mais teu que meu mas, ah, você entendeu) concordo totalmente também: uma cepa venenosa foi cortada mas ainda assim muitas raízes ainda ficam se espalhando, e acabar com estas levará tempo e trará obstáculos demais. O importante é a gente, eu, você, todos que se importam não apenas consigo mesmas mas com todos e todas que sofrem, não baixarmos a guarda. É importante denunciarmos, vigiarmos e partir novamente pra guerra ao primeiro sinal de nova tentativa do fascismo sair do esgoto.

      Brigadão demais por ter curtido, por ter ouvido, gostado da playlist e espero que agora possa passar a lançar mais eps. E obrigado acima de tudo por ter ajudado a espalhar nosso Teatro Escuro no Spotify, novamente.

      Abração, bróder.

      Excluir
  2. Fala Pensador. Todas as escolhas musicais foram muito boas. Raul, Queen, Paramore e, claro, minha musa musical atual que é a Caroline Polachek (valeu Dri). Playlist ficou perfeita. E que final. Wake Up. Vamos sair da Matrix.

    Espero que 2023 seja um ano muito bom para o Brasil e todos nós. Que tomem medidas para impedir um novo governo do mesmo naipe deste que acabou.

    Feliz ano novo para você e todos que participaram. Um abração e até o próximo episódio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marc, nem tinha pensado na Matrix ao escolher a música mas agora que falou tem toda razão. É a música que encerra, hahahaha. Foi bem difícil escolher. Acabou levando Rage Against the Machine, mas quase foi Azul Limão.

      Nem foi surpresa Dri ter escolhido Caroline Polacheck, tendo que não só vocês falaram um monte sobre ela, como também conheci o som via vocês. Parabéns e muito obrigado. E tamo junto na fé e torcida pra gestão Lula tirar o Brasil da lama; não são poucos inimigos dentro do próprio governo lutando contra. mais importante ainda é não deixarmos nunca mais os neolibfascistas voltarem a ciscar no país.

      Feliz ano novo pra vocês, pro Cultura Pop a Rigor, pra todos e todas nós sobreviventes. Abração. 8)

      Excluir
  3. Olá, Pensador! Mais uma vez, obrigada pelo convite. Adoro frequentar o Teatro Escuro, mesmo que a poeira ataque um pouco minha rinite. Pelas falas da galera, acho que todo mundo está meio que n o mesmo barco: sensação de ter sobrevivido a um desastre + esperança de que as coisas melhorem. A playlist e o programa ficou show! E sim, minha casa serve a Caroline Polachek. Abs e melhoras aí para suas costas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dri, brigadão quádruplo por (1) ter aceitado participar, (2) ter abrilhantado tanto a playlist com Caroline Polacheck, (3) vir aqui e não reclamar da sujeira e entulhos espalhados nos cantos, e (4) e ser esta amigona eterna, sempre disposta a participar. Obrigado demais e volte teje sempre arrasando também.

      Excluir
  4. caralho!!!! saudade de te ouvir kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas